Pesquise neste blog / Search in this blog

Carregando...

quarta-feira, 19 de janeiro de 2011

Biografia // Histórias de um camaleão

Do Diario de Pernambuco

De Depeche Mode a Placebo, passando por Morrisey, Nine Inch Nails até chegar aos tempos atuais com os canadenses do Arcade Fire. Impossível não perceber a influência de David Bowie na música. Para costurar um leque de todos eles é preciso entender a importância do camaleão do rock em várias gerações. Porém, antes de tudo, é necessário compreender a vida do cidadão David Robert Jones. Marc Spitz, jornalista que conhece o rock, mergulhou nesse mundo do ídolo David Bowie e presenteia os fãs com o ótimo Bowie - A biografia, editada no Brasil pelo selo Benvirá, da editora Saraiva.


Livro narra a trajetória de David Bowie Foto: Rep. Internet/Myspace
Dono de uma linguagem ágil e inteligente, o jornalista - que também escreveu a biografia da Green Day - traz para os leitores até os primórdios da vida do cantor e compositor inglês. O autor entrevistou amigos, parentes, vizinhos, músicos contemporâneos e quem mais integrasse de alguma forma o universo de Bowie. O resultado é uma obra bastante enriquecedora. Spitz conduz o leitor para além da vida do biografado e monta um mosaico que reúne contextos políticos, filmes, pubs, músicas.

Ele nasceu em Bromley, subúrbio londrino, na juventude era fã de James Dean e nutria uma timidez que contrasta com os personagens utilizados ao longo da carreira. ´Em vez de autonegação, muitos acreditam que timidez é, na verdade, uma elevada maneira de egocentrismo. Isso é crucial para entender como David Bowie, rock star, nasceu de David Jones`, lembra Spitz no livro.

O relacionamento com o irmão mais velho, Terry, fruto de um namoro da mãe com um homem da marinha, que a abandonou, é essencial para que David Bowie se encontrasse num mundo que parece não ter sido feito para ele. Foi Terry quem apresentou Londres a Bowie, e também a cultura beat de escritores como Jack Kerouac, o jazz, a noite londrina e ajudou a moldar o personagem que até hoje é venerado no mundo da música.

Cicatriz

Na época do pós-guerra, os jovens britânicos começaram a consumir a cultura norte-americana. Por isso, a invasão do rock'n'roll na terra da rainha salvou a vida do então adolescente. Nesse período, ele também descobriu a arte, a noitada, o bissexualismo e a marca no olho que ajudou a moldar o mito - cada um de uma cor. O incidente no olho foi causado por conta de uma briga com o amigo de infância George Underwood.

O interessante de ler Bowie - A biografia é sentir-se levado pelas palavras de Marc Spitz. É como se tivéssemos assistindo a um documentário. Tudo está lá. Para apreciadores da obra de David Bowie, amantes do rock e de uma boa leitura. Essencial em qualquer estante. (Ronaldo Mendes)
Publicar postagem

Serviço

Bowie - A biografia, de Marc Spitz, com tradução de Santiago Nazarian (448 páginas)
Editora: Benvirá
Preço: R$ 49,90


Publicado no jornal Diario de Pernambuco em 19/01/11.

2 comentários: