Pesquise neste blog / Search in this blog

quinta-feira, 31 de maio de 2007

Alexander "Skip" Spence - 1969 - Oar

A história de Alexander Spence, ou simplesmente Skip Spence, merece mais que uma simples postagem, mas aqui vai um resumo: Skip foi membro das lendárias bandas de São Francisco, Jefferson Airplane (como baterista sem ter experiência prévia na bateria!) e Moby Grape (cantor, compositor e guitarrista).
Em 1968, ele estava usando muito LSD e andando na companhia de uma mulher praticante de magia negra que o convenceu de que dois dos membros do Moby Grape eram demônios. Quando a banda estava gravando em Nova York, Skip tentou destruir a porta do quarto de hotel dos seus colegas com um maçarico, mas eles estavam no estúdio, o que não impediu que ele pegasse um taxi e chegasse lá de pijamas com o maçarico na mão.
Após uma temporada de seis meses em um hospital psiquiátrico às custas do incidente com o maçarico e o diagnostico de esquizofrenia, Skip foi de moto para Nashville e gravou em cinco dias, seu único disco solo.
"Oar" foi produzido em um precário equipamento de três canais com ele sozinho em todos os instrumentos e vozes.
As faixas são uma mistura eclética de rock, canções de amor, country e as mais puras viagens psicodélicas, na verdade um testamento extremamente sincero de uma pessoa sofrida e atormentada pelos próprios demônios.
Skip passou os anos seguintes de sua vida em instituições psiquiátricas ou morando na rua, tendo um breve revival musical nos anos 90, perto de sua morte em 1999 causada por um câncer de pulmão.
Considerado bastante estranho na época de lançamento, "Oar" é hoje visto como uma das grandes pérolas psicodélicas já feitas.
Psicodelia com "P" maiúsculo!
Edição lançada pela Sundazed com 10 faixas que não entraram no LP original e duas que incluí por minha conta, que são as versões extendidas de "Diana" e "Lawrence Of Euphoria", remixes feitos para um raro relançamento do disco em 1991.

01-Little Hands
02-Cripple Creek
03-Diana
04-Margaret/Tiger Rug
05-Weighted Down (The Prison Song)
06-War In Peace
07-Broken Heart
08-All Come To Meet Her
09-Books Of Moses
10-Dixie Peach Promenade (Yin For Yang)
11-Lawrence Of Euphoria
12-Grey/Afro
13-This Time He Has Come (Bônus)
14-It's The Best Thing For You (Bônus)
15-Keep Everything Under Your Hat (Bônus)
16-Furry Heroine (Halo Of Gold) (Bônus)
17-Givin' Up Things (Bônus)
18-If I'm Good (Bônus)
19-You Know (Bônus)
20-Doodle (Bônus)
21-Fountain (Bônus)
22-I Think You And I (Bônus)
23-Diana (Bônus - 1991 Remix)
24-Lawrence Of Euphoria (Bônus - 1991 Remix)

Donwload

segunda-feira, 28 de maio de 2007

The Chocolate Watchband - 1967 - No Way Out

Muitas bandas de garagem fervilharam na América a partir da metade dos anos 60. Poucas foram tão autênticas quanto Chocolate Watchband, formada por cinco garotos de San Jose, California. O som do grupo emana uma energia quase primitiva, vigorosa, numa potente mistura de folk rock, toques orientais, surfing guitar e muita rebeldia, ingredientes que nos anos seguintes ajudaram a forjar outros estilos, como o punk, o grunge e o rock alternativo. Para se ter uma idéia, alguns dos LPs originais da Chocolate Watchband chegam a ser vendidos por mais de US$ 1 mil. Este é o primeiro, gravado em 1967, com 10 faixas, entre elas a excelente "In Midnight Hour" e "Come On", cover de Chucky Berry. O relançamento em CD pela Sundazed traz três bonus tracks.

Tracklisting:
1. Let's Talk About Girls
2. In the Midnight Hour
3. Come On
4. Dark Side Of The Mushroom
5. Hot Dusty Roads
6. Are You Gonna Be There (At The Love-In)
7. Gone and Passes By
8. No Way Out
9. Expo 2000
10. Gossamer Wings
11. In the Midnight Hour (previously unissued version)
12. Milk Cow Blues
13. Psychedelic Trip (previously unissued)

Line-up:
Mark Loomis - lead guitar and keyboards
Gary Andrijasevich - drums
Sean Tolby - rhythm guitar
Bill 'Flo' Flores - bass
Dave Aguilar - lead vocals and harmonica

Grateful Dead - 1971 (Skull & Roses)


Mais uma pérola do capitão Jerry Garcia e companhia. O título deste álbum, que vendeu bastante e rendeu disco de ouro, é apenas Grateful Dead, mas também é conhecido como Skull and Roses, por causa da arte da capa. Outro título possível é Grateful Dead Live, preferido pelo grupo, mas descartado pela gravadora Warner Brothers. Isso porque várias das gravações foram feitas ao vivo - "Johnny B Goode", em 24 de março de 1971; "Big Railroad Blues", "Not Fade Away" e "Goin' Down the Road Feeling Bad", em 5 de abril de 1971, entre outras. Na época, em entrevista à Rolling Stone, Jerry Garcia comentou que cada faixa do disco mostrava o que a banda realmente era musicalmente falando. Traz longas suítes, como a jam "The Other One", de mais de 18 minutos. A performance ao vivo de "Bertha" inspirou Los Lobos a fazerem um cover. "Me and Bobby McGee" não chega a superar a versão definitiva de Janis Joplin, mas é essencial. Os covers, como "Mama Tried", de Melle Hargard, e "Big Railroad Blues", de Noah Lewis, são igualmente imperdíveis. Enfim, um disco redondo, que mostra a grande sintonia da banda ao vivo, em memoráveis performances.

Tracklisting:
1. Bertha
2. Mama Tried
3. Big Railroad Blues
4. Playing In The Band
5. The Other One
6. Me & My Uncle
7. Big Boss Man
8. Me & Bobby McGee
9. Johnny B. Goode
10. Wharf Rat
11. Not Fade Away/Goin' Down The Road Feeling Bad

Line-up:
Jerry Garcia - guitar, vocals
Bill Kreutzmann - drums
Phil Lesh - bass, vocals
Pigpen (Ron McKernan) - organ, harmonica, vocals
Bob Weir - guitar, vocals
Merl Saunders - organ on Bertha, Playing In The Band, Wharf Rat (overdubbed in studio)

quarta-feira, 23 de maio de 2007

Chubby Checker - 1971 - Chequered!

Para os que não acreditam em metamorfose, esse é o disco perfeito.
Chubby Checker é conhecido até hoje como "Rei do Twist", pois foi o artista que mais se destacou no estilo, alcançando um sucesso enorme durante a década de 60 e popularizando o Twist em todo o mundo.
Em 1971, morando na Holanda e fazendo uso de certas substâncias (sendo inclusive preso em 1970 com cannabis e outras coisas mais), Checker gravou um ótimo álbum psicodélico, "Chequered!", que soa muito como trabalhos de Jimi Hendrix e Arthur Lee (opinião de críticos, mas concordo plenamente).
Apenas duas faixas do disco não foram compostas por ele e as letras tratam de temas como morte, drogas, reflexões da vida, temas praticamente inéditos na obra dele.
Os vocais de Checker passam uma emoção enorme (especialmente no soul "Goodbye Victoria") e a banda que o acompanhou (infelizmente anônima) fez um ótimo som pesado, com direito a guitarras distorcidas, bateria agressiva e presença de órgão Hammond, tudo no melhor estilo de rock psicodélico.
Na minha opinião, um disco incrível!

01-Goodbye Victoria
02-My Mind
03-Slow Lovin'
04-If The Sun Stopped Shining
05-Stoned In Bathroom
06-Love Tunnel
07-How Does It Feel
08-He Died
09-No Need To Get So Heavy
10-Let's Go Down
11-Ballad Of Jimi
12-Gypsy (Bônus - Single, 1973)

sábado, 19 de maio de 2007

Ultimate Spinach - 1968 - Behold & See



Este é o segundo álbum do Ultimate Spinach e pode ser considerado a continuação do disco de estréia. Estão ali todos aqueles elementos comuns às bandas da Costa Oeste americana, mais notadamente São Francisco, apesar dos integrantes serem de Boston. Há quem relacione os teclados ao estilo do Country Joe & The Fish e os vocais femininos aos do Jefferson Airplane. Vez por outra, a Ultimate aparece como mímica do Mothers of Invention, o que eu já acho um exagero. Comparações à parte, as canções do grupo geralmente trazem letras inteligentes inspiradas no flower power ou no movimento beatnik dos anos 50. As melodias agradam facilmente, soando bem aos ouvidos, com bastasnte uso do theremin. Há suítes sofisticadas, como "Genesis Of Beauty", dividida em quatro partes. Essa edição traz dois bônus. Vale a pena ouvir!

Tracklist:
1. Gilded Lamp of the Cosmos Douglas
2. Visions of Your Reality Douglas
3. Jazz Thing Douglas
4. Mind Flowers Douglas
5. Where You're At Douglas
6. Suite: Genesis of Beauty (In Four Parts) Douglas
7. Fifth Horseman of the Apocalypse Douglas
8. Fragmentary March of Green Bruce-Douglas

9. Mind Flowers [Bonus Version]

10. Fragmentary March Of Green [Bonus Version]

Donwload