Pesquise neste blog / Search in this blog

terça-feira, 18 de julho de 2006

Donovan - 1968 - The Hurdy Gurdy Man

Em "The Hurdy Gurdy Man", Donovan ousou bastante gravando em vários estilos (folk, pop, música indiana, jazz, o hard-rock da faixa título e até uma faixa que hoje seria lounge, "Get Thy Bearings") e se deu bem em todos.
Na época, o album saiu nos EUA, e não na Grã-Bretanha, terra natal de Donovan (Escocês), onde saiu apenas um single que continha o grande hit, "Hurdy Gurdy Man".
Participaram do disco, três dos futuros membros do Led Zeppelin (John Paul Jones, Jimmy Page e John Bonham), mas o trio não tocou junto durante o disco.
Com toda certeza, um dos grandes clássicos da década de 60.

01-Hurdy Gurdy Man
02-Peregrine
03-The Entertaining Of A Shy Girl
04-As I Recall It
05-Get Thy Bearings
06-Hi It's Been A Long Time
07-West Indian Lady
08-Jennifer Juniper
09-The River Song
10-Tangier
11-A Sunny Day
12-The Sun Is A Very Magic Fellow
13-Teas

Download

Donovan - 1970 - Open Road

Quando "Open Road" foi lançado, muita gente estranhou o som absolutamente básico do álbum, com Donovan se afastando do pop que estava predominante em seus trabalhos anteriores e aberto a um rock bastante cru, sem muita produção. Estão presentes também vertentes roqueiras como Country Rock e Celtic Rock, além do estilo Folk que sempre acompanhou toda a carreira dele.
Um fato é que "Open Road" não foi apenas um título, mas também o nome da banda de vida curta formada por Donovan (voz, violão, guitarra base e solo), John Carr (bateria, vocais), Mike Thomson (baixo, guitarra base e solo, vocais) e Mike O'Neill (piano, vocais).
Produção do próprio Donovan, que havia desatado a parceria musical de anos com o produtor Mickie Most.
Um disco fantástico na discografia do genial trovador escocês.

01-Changes
02-Song For John
03-Curry Land
04-Joe Bean's Theme
05-People Used To
06-Celtic Rock
07-Riki Tiki Tavi
08-Clara Clairvoyant
09-Roots Of Oak
10-Season Of Farewell
11-Poke At The Pope
12-New Year's Resovolution

Download

Jackie Lomax - 1969 - Is This What You Want?

Em 1968, George Harrison contratou Lomax para a então emergente Apple Records de propriedade dos Beatles e resolveu investir pesado na carreira do cantor e guitarrista de Liverpool, conterrâneo dos Beatles.
Harrison produziu o disco, compôs "Sour Milk Sea" e chamou Paul McCartney, Ringo Starr, Nicky Hopkins e Eric Clapton para tocaram com ele e Lomax na faixa.
Um disco essencialmente de rock, mas com uma dose de soul.
Nas bônus, duas faixas produzidas por McCartney.
Um disco muito bom de um artista que fez parte do clã relacionado aos Beatles, mas que mesmo com muito talento, não foi sucesso.

01 - Speak To Me
02 - Is This What You Want?
03 - How Can You Say Goodbye
04 - Sunset
05 - Sour Milk Sea
06 - Fall Inside Your Eyes
07 - Little Yellow Pills
08 - Take My Word
09 - The Eagle Laughs At You
10 - Baby You're A Lover
11 - You've Got Me Thinking
12 - I Just Don't Know
13 - New Day (Bônus)
14 - Won't You Come Back (Bônus)
15 - Going Back To Liverpool (Bônus)
16 - Thumbin' A Ride (Bônus)
17 - How The Web Was Woven (Bônus)

Nota: Para os que baixaram o link anterior ao de 28 de maio, aqui estão as faixas 1 e 16, que estavam corrompidas:
Download

Link corrigido do álbum inteiro (postado em 28 de maio de 2007):

Download

Badfinger - 1970 - Magic Christian Music

O titulo do album é relacionado ao filme "Magic Christian" ou "Um Beatle No Paraiso", como foi chamado no Brasil, pelo fato de ter Ringo Starr como protagonista ao lado do grande ator inglês, Peter Sellers.
Na verdade, o titulo no album foi um pretexto para lançar com força, o filme e a banda, pois no album constam apenas três músicas que fizeram parte da trilha sonora: "Come And Get It" (composição cedida por Paul McCartney, que tambem fez o arranjo e produção), "Carry On Till Tomorrow" e "Rock Of All Ages".
O segundo LP da banda, porém, o primeiro sob o nome de Badfinger (antes se chamavam "Iveys"). Um disco muito bom, que realmente prova que mesmo com o apadriamento de Paul McCartney, a banda mereceu todo o sucesso que fez dai em diante.
Infelizmente, anos mais tarde, o Badfinger passou por duas tragédias: em 1975, devido a sérios problemas financeiros e pessoais, Pete Ham, compositor, guitarrista e tecladista, se enforcou em sua garagem aos 27 anos.
Após uma volta da banda, em 1983, foi a vez de Tom Evans, compositor e baixista do grupo cometer suicídio, usando o mesmo meio que Ham havia usado.
Com a morte do baterista Mike Gibbins em 2006, o guitarrista Joey Molland é o único membro vivo da formação clássica e segue usando o nome Badfinger em suas próprias bandas.

01-Come And Get It
02-Crimson Ship
03-Dear Angie
04-Fisherman
05-Midnight Sun
06-Beautiful And Blue
07-Rock Of All Ages
08-Carry On Till Tomorrow
09-I'm In Love
10-Walk Out In The Rain
11-Angelique
12-Knocking Down Our Home
13-Give It A Try
14-Maybe Tomorrow
15-Storm In A Teacup (Bonus)
16-Arthur (Bonus)

http://sharebee.com/6e5fc1bf

Badfinger - 1971 - Straight Up

Classico essencial da carreira do Badfinger, o álbum foi lançado em 1971 e teve produção de George Harrison e Todd Rundgren.
Originalmente, o disco sairia com produção do próprio grupo e sob a direção do engenheiro de som Geoff Emerick, mas Harrison na condição de vice-presidente da Apple Records, resolveu dar o seu toque às gravações, atuando como produtor e tocando guitarra slide em duas delas ("Suitcase" e "Day After Day"). Além do trabalho nas faixas já gravadas, novas foram adicionadas ao disco. Como Harrison estava organizando o show beneficente "The Concert For Bangladesh", o trabalho de completar as gravações ficou a cargo do cantor, multiinstrumentista e produtor Todd Rundgren, que além de trabalhar nas faixas previamente gravadas, gravou outras novas com o grupo.
O disco foi muito bem com público e critíca, tendo os dois grandes hits "Day After Day" e "Baby Blue".
Como bônus, as versões iniciais de algumas músicas, sem produção posterior de Harrison ou Rundgren.

01-Take It All
02-Baby Blue
03-Money
04-Flying
05-I'd Die Babe
06-Name Of The Game
07-Suitcase
08-Sweet Tuesday Morning
09-Day After Day
10-Sometimes
11-Perfection
12-It's Over
13-Money (Bônus)
14-Flying (Bônus)
15-Name Of The Game (Bônus)
16-Suitcase (Bônus)
17-Perfection (Bônus)
18-Baby Blue (Bônus)

http://rapidshare.com/files/3947153/Straight_Up.rar.html

terça-feira, 11 de julho de 2006

Syd Barrett - 1970 - The Madcap Laughs

Mais uma homenagem ao gênio. The Madcap Laughs, como dito anteriormente, foi o primeiro álbum solo de Syd, lançado em 1970. Se não me engano, a foto da capa do disco foi tirada na sala do apartamento que o guitarrista chegou a dividir com amigos em Londres, numa época em que mergulhou profundamente nas artes plásticas, pra variar uma viagem sem volta com LSD.

O álbum original traz 13 faixas, enquanto que o relançamento em CD (de 2001 - a versão que disponibilizo aqui) trouxe seis faixas bônus, incluindo outtakes de "Octopus" e "Golden Hair". A reedição saiu lá fora com uma capa diferente, muito bonita por sinal, esta que vai aqui embaixo.
Tracklisting:
1. Terrapin [Take 1] Barrett 5:04
2. No Good Trying [Take 3] Barrett 3:26
3. Love You [Take 4] Barrett 2:30
4. No Man's Land [Take 5] Barrett 3:03
5. Dark Globe [Take 1] Barrett 2:02
6. Here I Go [Take 5] Barrett 3:11
7. Octopus [Take 11] Barrett 3:47
8. Golden Hair Barrett, Joyce 1:59
9. Long Gone [Take 1] Barrett 2:50
10. She Took a Long Cold Look [Take 5] Barrett 1:55
11. Feel [Take 1] Barrett 2:17
12. If It's in You [Take 5] Barrett 2:26
13. Late Night [Take 2] Barrett 3:11
14. Octopus [*] Barrett 3:09
15. It's No Good Trying [*] Barrett 6:22
16. Love You [*] Barrett 2:28
17. Love You [*] Barrett 2:11
18. She Took a Long Cold Look at Me [*] Barrett 2:44
19. Golden Hair [*] Barrett, Joyce 2:28



Local do álbum: 1967psycho3@gmail.com

Download

Adeus, Syd

Morreu na última sexta-feira, dia 7 de julho, o lendário guitarrista fundador da banda inglesa Pink Floyd, Syd Barrett. Ele vivia recluso há cerca de 30 anos depois de ter pirado com o uso excessivo do LSD e, segundo a família, foi beijar o céu em decorrência de complicações da diabetes. Syd, que nasceu Roger Keith Barrett e ganhou o apelido por causa de um velho baterista de sua cidade natal, faleceu aos 60 anos em sua casa em Cambridge.
Fã do blues e do rhythm'blues, Syd mostrou ter talento para a música desde menino. Em 1965, reuniu amigos e decidiu batizar a banda a partir dos nomes de dois blueseiros norte-americanos, Pink Anderson e Floyd Council. O grupo ficou famoso pelas apresentações no pub londrino UFO, onde exibiam um verdadeiro show de psicodelia através de sons e imagens projetadas. Syd era o principal compositor. Os dois primeiros singles do grupo são de sua autoria - "Arnold Layne" e "See Emily Play".

A genialidade de Syd guiou toda a concepção do primeiro álbum do Pink Floyd, "The Piper At Gates of Dawn", algo como "O Flautista nos Portões do Amanhecer", um clássico do rock psicodélico. A gravação foi feita no mesmo estúdio e época em que os Beatles gravaram o clássico "Sgt. Pepper's Lonely Hearts Club Band", em 1967, durante a efervecência da psicodelia.
Logo depois do lançamento do The Piper Syd não era mais o mesmo. Nos shows ficava catatônico, chegando a tocar o mesmo acorde horas seguidas, mudo, olhos vidrados. Os companheiros logo chamaram o guitarrista David Gilmour para segurar a onda nos shows. O segundo álbum da banda, "A Saucerful of Secrets", de 1968, traz apenas uma composição de Syd, "Jugband Blues". Seu afastamento foi oficializado ainda naquele ano, ficando Gilmour em seu lugar.

Syd ainda conseguiu gravar dois álbuns solo com a ajuda dos Floyd, "Madcap Laughs" e "Barrett". Em 1989 rasparam o fundo do baú e brindaram os fãs com "Opel". Mas este não seria o último registro do gênio. Um outro álbum seria lançado com gravações inéditas feitas nos programas de John Peel, em 1970, e no de Bob Harris, em 1971. Essa peróla saiu com o nome de "Radio One Sessions".

Os membros do Pink Floyd nunca superaram totalmente a perda do amigo para as drogas e o trabalho do grupo quase sempre esteve permeado de referências a Syd. A primeira homenagem viria com o álbum de 1973, "The Dark Side of the Moon", um dos discos mais vendidos e tocados da história do rock. "O lado escuro da lua" trouxe canções como "Brain damage", que fala de um lunático na grama, e "Eclipse", que menciona o sol, no caso o gênio Syd, eclipsado pela lua, sinônimo de loucura. Depois viria "Wish you were here", de 1975, que além da faixa título traz a música "Shine on your crazy diamond", que eu reproduzo abaixo como uma última homenagem ao homenzinho que resolveu ir embora juntar-se a Lucy in the Sky with Diamonds.

"Remember when you were young,
You shone like the sun.
Shine on you crazy diamond.
Now there's a look in your eyes,
Like black holes in the sky.
Shine on you crazy diamond.
You were caught on the crossfire
Of childhood and stardom,
Blown on the steel breeze.
Come on you target for faraway laughter,
Come on you stranger, you legend, you martyr, and shine!

You reached for the secret too soon,
You cried for the moon.
Shine on you crazy diamond.
Threatened by shadows at night,
And exposed in the light.
Shine on you crazy diamond.
Well you wore out your welcome
With random precision,
Rode on the steel breeze.
Come on you raver, you seer of visions,
Come on you painter, you piper, you prisoner, and shine! "
(Roger Waters)

The Zombies - 1968 - Odessey and Oracle

Atendendo a pedidos de membros da comunidade no Orkut, aqui vai o clássico dos Zombies, "Odessey and Oracle", de 1968.

Tracklisting:
1. Care of Cell 44 Argent 3:56
2. A Rose for Emily Argent 2:18
3. Maybe After He's Gone White 2:33
4. Beechwood Park White 2:44
5. Brief Candles White 3:30
6. Hung up on a Dream Argent 3:01
7. Changes White 3:19
8. I Want Her She Wants Me Argent 2:51
9. This Will Be Our Year White 2:07
10. Butcher's Tale (Western Front 1914) White 2:47
11. Friends of Mine White 2:17
12. Time of The Season Argent 3:32

Donwload

Local do álbum: 1967psycho3@gmail.com

quinta-feira, 6 de julho de 2006

Klaatu - 1993 - Peaks

Aqui vai uma contribuição do nosso amigo Orlando, do blog Music News. Klaatu é o nome de uma banda canadense dos anos 70, fortemente influenciada pelos Beatles. Assim que tiver mais informações posto aqui.

Formação da banda:
- Terry Draper (vocais, bateria, percussão, teclados)
- John Woloschuck (baixo, guitarra, teclados, vocais)
- Dee Long (guitarra, teclados, vocais)

Tracklisting:
1. Calling Occupants Of Interplanetary Craft (1)(7:14)
2. I Don't Wanna Go Home (5) (2:50)
3. We're Off You Know (3) (4:00)
4. Sub Rosa Subway (1) (4:36)
5. Around The Universe In Eighty Days (3) (4:53)
6. Knee Deep in Love (4) (3:13)
7. True Life Hero (1) (3:25)
8. Doctor Marvello (1) (3:37)
9. December Dream (5) (4:06)
10. The Loneliest Of Creatures (3) (3:41)
11. Love Of A Woman (5) (3:30)
12. Dear Christine (2) (3:50)
13. Hope (3) (3:48)
14. I Can't Help It (4) (4:09)
15. A Routine Day (2) (3:07)
16. Little Neutrino (1) (8:25)
17. All Good Things (4) (1:55)
18. Good-night / Mousetrap (0:04)

(1) 3:47 East, (2) Sir Army Suit, (3) Hope, (4) Endangered species, (5) Magentalane

Local do álbum: 1967psycho3@gmail.com

Download

The Zombies - 1965 - Begin Here

"Begin Here" foi o nome dado para o álbum de estréia do The Zombies no Reino Unido, depois que os singles "She's not There" e "Tell Her No" chegara, às primeiras posições da parada norte-americana. A influência de bandas como Beatles e Kinks é evidente. Vocais suaves, pegada rock and roll. O setlist original traz 12 faixas, curtas e brilhantes, mas essa versão que disponibilizamos traz nada mais, nada menos que 22 faixas! Vai de "Summertime", cover de Gershwin, a canções autorais viscerais, como "Work 'n' play", que traz bons solos de gaita. Simplesmente imperdível.

The Zombies acabaria em 1967, com o fim contrato com a Decca. Mas aí os caras assinam com a CBS para lançar o último suspiro: "Odessey and Oracle", curiosamente o disco mais famoso da banda, uma das pérolas do rock psicodélico.
Formação da banda:
- Chris White (baixo)
- Rod Argent (órgão, piano, vocais)
- Colin Blunstone (vocais, guitarra)
- Paul Atkinson (guitarra)
- Hugh Grundy (bateria)

Tracklisting:
1. Road Runner
2. Summertime
3. I Can't Make Up My Mind
4. The Way I Feel Inside
5. Work 'N' Play
6. Medley: You've Really Got A Hold On Me/Bring It On Home To Me
7. She's Not There
8. Sticks And Stones
9. Can't Nobody Love You
10. Woman
11. I Don't Want To Know
12. I Remember When I Loved Her
13. What More Can I Do
14. I Got My Mojo Working
15. It's Alright With Me
16. Sometimes
17. Kind Of Girl
18. Tell Her No
19. Sticks And Stones (Alternate Take)
20. It's Alright With Me (Alternate Take)
21. I Know She Will (Demo)
22. I'll Keep Trying (Demo)

Local do álbum: 1967psycho3@gmail.com

Download

terça-feira, 4 de julho de 2006

Grateful Dead - 1967 (first album)

Este é um daqueles discos que podem ser considerados "discoteca básica", disco de cabeceira etc. O álbum de estréia de Jerry Garcia e sua trupe é muito especial. Traz apenas duas faixas autorais da banda californiana, mas os covers de folk e blues são fenomenais, apesar das versões em estúdio minimizar a força improvisadora da banda nos palcos. Destaque para "Good morning little school girl", uma pérola do Sonny Boy Williamsom, e a inesquecível "Viola Lee Blues", do Jerry Lee Lewis. Foi relançado em 2001 em CD com algumas faixas-bônus.

Tracklisting:
1. The Golden Road (To Unlimited Devotion) (Garcia/Kreutzmann / Lesh/McKernan / Weir) - 2:11
2. Beat It on Down the Line (Fuller) - 2:30
3. Good Morning Little Schoolgirl [Full Length Version] (Williamson) - 6:35
4. Cold Rain and Snow (Garcia/Kreutzmann/Lesh/McKernan/Weir) - 2:29
5. Sitting on Top of the World [Full-Length Version] (Carter/Jacobs) - 2:46
6. Cream Puff War [Full Length Version] (Garcia) - 3:20
7. Morning Dew [Full Length Version] (Dobson/Rose) - 5:19
8. New, New Minglewood Blues [Full Length Version] (Traditional) - 2:44
9. Viola Lee Blues (Lewis) - 10:23

Formação:
Jerry Garcia - lead guitar, vocals
Bob Weir - guitar, vocals
Phil Lesh - bass, vocals
Ron "Pig Pen" McKernan - keyboards, vocals
Bill Kreutzmann - drums

Mais informações no All Music e aqui.

Local do álbum: 1967psycho2@gmail.com

Download

Los Walkers - 1967

Banda argentina também conhecida como The Walkers. Gravaram apenas três LPs. O primeiro single foi "A Carta", ou "The Letter", de 1967, incluído no LP homônimo lançado no mesmo ano. O single chegou a vender mais de 80 mil cópias. Depois eles se dedicaram à gravação de covers, inclusive do The Who. Em 1968 mudou a formação. Em 1970 a banda acabou.

Formação original:
Carlos Altamirano: voz, guitarra, harmônica e teclados
Ignacio Tata: baixo
Roberto Antonio: bateria
Roberto "Rover" Jorge: guitarra, voz e teclados

Discografia:
La carta (single), 1967
The Walkers, 1967
Gloria (single), 1967
Agarrate (single), 1967
The Walkers 2, 1968
Llámame relámpago (single), 1968
Tamborín verde (single), 1968
Jennifer Eccles (single), 1968
The Walkers 3, 1969
Miel silvestre (single), 1969
Piensa en mañana (single), 1970

Com informações do site Argentina.com.

Local do álbum: 1967psycho2@gmail.com

Download