Pesquise neste blog / Search in this blog

Carregando...

quarta-feira, 9 de agosto de 2006

Love - 1967 - Forever Changes


Minha pequena homenagem ao gênio Arthur Lee, que deixou este mundo na semana passada.
"Forever Changes" é um daqueles discos imperdíveis de 1967. Não é um disco fácil, pelo menos não foi tão fácil pra mim. Acho que tem que ouvir bem para compreender.
Dizem que essa foi a resposta de Lee ao álbum "Sgt. Pepper's" dos Beatles.
Essa edição em CD que upei é de 1987 Elektra/Asylum Records (EUA), traz 11 faixas. Uma edição posterior traz sete bônus, quem tiver interesse pode ir atrás pois vale a pena.

O Love gravou três discos com a formação original: o Love e o Da Capo, de 1966, e este Forever Changes, de 1967. Depois Lee desfez o grupo e lançou carreira solo, sem no entanto conseguir realizar algo à altura do Love, banda que influenciou grande parte dos artistas da cena californiana.

Tracklisting:
1. Alone Again Or
2. A House Is Not A Motel
3. Andmoreagain
4. The Daily Planet
5. Old Man L
6. The Red Telephone
7. Maybe The People Would Be The Times Or Between Clark And Hilldale
8. Live And Let Live
9. The Good Humor Man He Sees Everything Like This
10. Bummer In The Summer
11. You Set The Scene

Formação da banda:
Arthur Lee - guitarra e vocais
John Echols - guitarra
Bryan MacLean - guitarra e vocais
Ken Forssi - baixo
Michael Stuart - percussão

Download
Capas (artcover/caratulas)

Assim que possível envio o álbum também para o GMail.

6 comentários:

  1. Foi triste.. Semanas após completar a discografia do Love, vem a notícia da morte do Arthur.. Grande compositor, grande cantor, grande artista e grande também é o esquecimento que essa banda sofreu e sofre. Realmente nao é um disco fácil, passei quase dois anos pra digerir o Forever Changes, mas qdo bateu, virei fã total, sem palavras..

    E eu queria parabenizar vc pelo este blog. São coisas assim q tornam a Internet um lugar bom pra se "perder" algumas hrs. Tanto vc como a Penny, o Aramis, o Milton e a galera do Pastteense (q acabou de acabar =/ ) são pessoas fodas, no melhor sentido do termo. Ninguem é obrigado a isso, disponibilizar esse material todo, mas vcs fazem, e isso é um grande exercicio de generosidade para com os menos favorecidos.. ehehehe

    É isso. Valeu mesmo e vida longa aos blogs-salvadores heheeh =]

    ResponderExcluir
  2. el tema 10 no funça si podeis arreglar eso muito brigado

    ResponderExcluir
  3. o link expirou !
    alguem poderia por favor atualizar o link , é muito raro achar essa banda para baixar , é um achado , e se fosse possivel postar outros cds dessa banda como o primeiro cd, hononimo não achei em nenhum lugar para baixar , peço encarecidamente

    ResponderExcluir
  4. olá, temos um novo link para o forever changes. o primeiro não tenho. veja que o link para o da capo continua ativo. um abraço.

    ResponderExcluir
  5. glennbahia25/9/10 18:12

    Forever Changes esta na minha colecao de vinil faz decadas (com meus otros discos de Rock dos 60 la na casa do meu irmao em LA- algum dia eu levo-os ao Brasil) embora que so ouvi o disco no inicio do 70 e nunca vi Love ao vivo Lembrem que muitos das boas cancoes eram de Bryan Maclean que morreu em 98 otros clasicos dos anos 60: Youngbloods-Elephant Mountain-- Electric Flag- A Long Time Coming-- Blood,Sweat and Tears- Child is Father to Man-- Jeff Beck-Truth -- tem un bocado de grupos bons dos 60 que nao sao muito conhecidos em Brasil como Buffalo Springfield,Kinks,James Gang, Mountain,Zombies,Spirit,Flock,Seatrain,Mountain,Traffic,Its a Beautiful Day,Sweetwater y otros

    ResponderExcluir
  6. Infelizmente O Love é uma das bandas mais negligenciadas da decada de 60..Quanto ao Forever Changes,you set the scene e the red telephone estao entre as melhores musicas que ouvi em toda a minha vida..Realmente é o mais proximo que os americanos chegaram de fazer um "sgt pepper's"..
    Curiosidade: forever changes era o album preferido do robert plant!!

    ResponderExcluir